Coluna
Livre Pensar
 


Este espaço é reservado para você mandar sua crônica, opinião, crítica, etc. Mande-nos texto acompanhado de autorização para publicação e cópia de documento de identidade. Para enviar clique aqui
As idéias e opiniões emitidas aqui são de responsabilidade de seus autores.


Revista eletrônica com assuntos sempre atuais. Traz matérias e fotos.

Colunismo moderno e instigante. Atualizações constantes.

Temas variados vistos pelas lentes do fotógrafo Nivaldo Narã.

Guia dos principais eventos que acontecem na cidade.

Variados assuntos e temas em matérias de colaboradores.

Textos e fotos retratando acontecimentos de interesse geral

















QUERO UM RESTAURANTE COM BLOQUEADOR DE CELULARES

 

Cesar Romão

 


 

Cesar Romão
QUERO UM RESTAURANTE COM BLOQUEADOR DE CELULARES

Está cada vez mais difícil desfrutar de bons momentos nos restaurantes, mesmo naqueles que considero tradicionais e o motivo é simples: as pessoas estão pouco interessadas na plenitude de momentos como este, elas querem mesmo é ficar no celular.

Os smartphones usados indiscriminadamente e sem nenhuma noção de convívio comunitário tornaram desagradáveis os mais agradáveis restaurantes que conheço.

Recentemente terminei por deixar um deles ainda no couvert.

As pessoas próximas estavam todas cultuando as maravilhas de seus smartphones: falando de aplicativos; mostrando funções; ligando para terceiros e o pior da “etiqueta do celular”, mostrando umas as outras vídeos "engraçados" onde os risos ecoavam como na plateia do Universo Casuo.

Mas os risos do Universo Casuo são maravilhosos, não me canso deles, pois são de alegria e não de hipocrisia.

Já decidi: agora só vou frequentar restaurantes que tenham bloqueador de celular.

E não vai adiantar placa de proibição de uso de celular no restaurante, para que eu possa frequentar tem de ser mesmo bloqueador, pois as placas proibindo o uso ninguém respeita.

Basta observar o interior do avião quando em solo ou mesmo o traslado do ônibus do aeroporto até o desembarque, assim como áreas restritas de hospital e de quebra o interior das agências bancárias, é só gente no celular apesar da proibição.

Portanto o restaurante tem de ter mesmo é bloqueador de celular para que eu passe a frequentar, mas longe daquela marca usada nos presídios brasileiros, o bloqueador tem ter padrão de qualidade FIFA.

 

 

 


 
 

Copyright© 2001/2004 - Nivaldo Nară OnLine - Filiado a FEBRACOS e ACCS